Notícias

SOLIDARIEDADE A OLÍVIA SANTANA

SOLIDARIEDADE A OLÍVIA SANTANA

SOLIDARIEDADE À SECRETÁRIA OLÍVIA SANTANA PELA AGRESSÃO SOFRIDA EM 03.02.2018


Assisti ao vídeo nas redes sociais, no qual a Secretária Olívia Santana foi agredida por uma senhora, que notadamente confunde “socialismo” com distribuição de miséria, ao invés de distribuição de renda. Pelo que entendi, a agressora explicitou seu ódio de classe e étnico-racial. Segundo a senhora, Olívia Santana deveria voltar para a favela. A atitude da agressora em questão tem sido o reflexo do ódio disseminado no país.
Deixando de lado prováveis explicações sobre a foice e o martelo, vê-se, que o desejo de segregação e a vontade de consolidar uma sociedade de castas permeiam algumas práticas e discursos até de pobres, alguns se acham ricos. Não sei à qual classe social pertence a senhora que agrediu a secretária Olívia Santana, mas vi na cena uma proposta bem evidente de segregação e de imobilidade social. Disse a senhora “vocês não deviam estar aqui, que vocês defendem a favela”.
Tenho certeza que a secretaria Olívia Santana continuará defendendo a favela e principalmente o direito da favela ser bela, livre e independente! Temos que lembrar que no Brasil há muitos pobres de direita e pousam como donos da razão, as vezes com exibicionismos, dizendo fazer caridades para criticar o estado, que querem mínimo: quantas contradições!
Minha solidariedade à militante em favor da cultura, da educação, da arte, da vida, das minorias, pelas igualdades de classe, raça e gênero Olívia Santana.

Seabra-Chapada Diamantina, 03 de fevereiro de 2018.

Professor Doutor Gildeci de Oliveira Leite (UNEB)
 


Leia mais